domingo, 5 de junho de 2011

"Vejo flores em você..."

Bom dia!!

Estou atrasada com algumas coisinhas que queria conversar aqui... Uma delas é nossa trepadeira...

Costumo dizer que fico feliz com qualquer coisa e é a mais pura verdade, não que o que conto aqui, para mim, seja pouca coisa... Na sexta, quando fui para a cozinha preparar o café da manhã, dei uma olhadinha pelo vitrô, como sempre faço, acho que é uma forma que encontrei de dar "bom dia" para nossa hortinha, e vi isso:

Claro que já abri um sorriso por causa de meu amado beijinho que não para de florir a mais de dois meses. Persistennnnnte. Ainda bem. Então, vi outra coisa... Quase não acreditei... Demorou tanto... Já viram? Não?

Ali ó... No cantinho direito... É meio lilás...

Aqui... Viu agora?

Meu amor apareceu um dia, a quase de dois anos, com um vaso que tinha uma mudinha. Ainda vivíamos na outra casa. Lá o quintal é cimentado, porém, tínhamos uma caixa, de cimento, com terra. Íamos plantá-la lá para que ela pudesse ir caminhando pelo muro. Não deu muito certo... Ela ficou morando naquele vaso por quase seis meses.
Nos mudamos, a nova casa com espaço até para uma hortinha!!!!! Êêêbaaaaa!!

Depois de tudo ajeitadinho, plantei a mudinha. A hortinha estava sem nadica, somente cercada. É que temos dois cães e tínhamos que nos precaver ou ela viraria o banheirinho dos cães. Ai, ai, ai...
Um dia, os cães pularam, literalmente, a cerca e fizeram muitas escavações... Inclusive, um buracão, justamente, onde estava minha mudinha... Ela ficou com as raízes para cima... Só vi na manhã seguinte... Ela estava murcha... Triste... Achei que não ia sobreviver, porém, como a Vida é persistente, resolvi tentar...
Replantei, mudamos o cercado da hortinha e ficou tudo bem.
Depois de um tempinho, ela já tinha uns 40 ou 45 centímetros de altura e eu, olhando pelo vitrô, não vi nem uma folhinha nela. Formigas cortadeiras... Foi outro inconveniente... Levei um tempo para controlá-las...

Graças a Deus, depois das formigas não houve mais nada!! E agora... Flores... Aí, eu fico repetindo um pedacinho de uma música do Ira... Se lembram do Ira?... "... Isso é o que me faz dizer: Que vejo flores em você!..."

Bem, como não poderia deixar de ser, vou mostrar também o meu beijinho.

Era somente uma mudinha pequenina que nasceu no jardim da frente da casa. Quando reconheci as folhinhas características, retirei de lá para salva-la dos cães. Agora é, praticamente, um arbusto!!

Bem, olhando muito bem, pode-se ver um intruso no meio dos galhinhos do beijinho... Um galhinho de um dos meus queridos tomateiros... Adoroooo!!

Aqui aparece melhor... Podem ver como é um galhinho bem saudável, gordinho... Logo produzirá meus deliciosos tomatinhos cereja... Nham nhammmm...

Beijo

"Meu Deus, como o tempo passa...
Dizemos de quando em quando...
Ao final, o tempo fica...
E a gente é que vai passando..."
Fado

6 comentários:

  1. Oh! Que felicidade!!!
    flores para você!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlinha,

    Obrigada! É, realmente, uma felicidade.
    Flores para você também menina.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Importei uma plantinha daquelas azuis do RS e não floria, aí descobri que adora pleno sol, hoje não para mais de florir.

    ResponderExcluir
  4. Oi Dina querida,

    Eu estou apaixonada por essa trepadeira menina. A minha também está ao sol e florindo sem parar.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Muy bonito tu blog! Te felicito. Kiss Miriam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Miriam,
      Gracias nena. Regresa pronto.
      Besitos

      Excluir

Obrigada por deixar aqui o seu Detalhe...